Trabalho demais: como manter as crianças longe das drogas?


As crianças ouvem falar sobre drogas em todos os lugares: na música, no cinema, nas notícias e na TV. Eles ouvem sobre isso online, em vídeos do YouTube e em aplicativos como o Instagram, Snapchat, grupos do Telegram e Whatsapp. Eles podem ver pessoas usando drogas na rua ou mesmo em sua própria casa. Eles podem ouvir outras crianças conversando sobre isso na escola, festas ou até mesmo nos parques. 

A adolescência é o momento mais provável para alguém experimentar drogas e isso pode levar à problemas com elas no futuro, principalmente se você se ausenta demais por conta do trabalho. Há muitas coisas que você pode fazer para ajudar seus filhos a ficarem longe das drogas e fazer boas escolhas:
  • Converse com seus filhos sobre drogas antes de serem adolescentes. Explique por que o uso de drogas pode prejudicar sua saúde, seus amigos e familiares e seu futuro. Diga a eles que não deseja que tomem medicamentos também não prescritos. Repita essas mensagens durante a adolescência.
  • Envie uma mensagem para seu filho. Envie mensagens de texto positivas para seu filho. Ou envie uma mensagem depois de ter uma conversa que os lembre da sua conversa. Você não precisa se preocupar com a linguagem de mensagens de texto popular, essas coisas prontas. Basta escrever do jeito que você fala. Diga a eles que você se orgulha deles.
  • Faça parte da vida deles. Passar tempo juntos. Mesmo quando os tempos estão difíceis, as crianças percebem muito quando os adultos em sua volta se importam com eles. Dê ao seu filho toda a sua atenção. Desligue sua TV, telefone celular ou computador e ouça realmente.
  • Saiba onde seus filhos estão e o que estão fazendo. Manter o controle de seus filhos ajuda a protegê-los. Isso lhes dá menos chances de entrar nas drogas.
  • Definir regras claras e aplicá-las de forma justa. As crianças precisam de regras com as quais possam contar. É assim que eles aprendem por si mesmos o que é seguro e o que pode causar problemas. Explique por que você está definindo uma regra para que eles entendam por que isso é importante.
  • Seja um bom exemplo para seus filhos. Você pode achar que não, mas as crianças admiram os pais. Mostre a eles como você se dá bem com as pessoas e lida com o estresse. Isso pode ensiná-los a fazê-lo.
  • Faça a sua casa segura. Conheça as pessoas que você tem em casa. Tente não ter pessoas que abusam de álcool e drogas. Mantenha o controle de medicamentos e produtos de limpeza que você tem em casa.

O QUE DIZER ÀS CRIANÇAS QUANDO VOCÊ JÁ USOU DROGAS NO PASSADO?
Se você usou drogas em algum momento de sua vida, pode ser difícil dizer aos seus filhos para não usar drogas. Todo mundo lida com esse problema de maneira diferente. Mas se você optar por contar aos seus filhos sobre o seu passado:
  • Não dê muitos detalhes sobre o seu uso de drogas.
  • Indique os problemas que o uso de drogas pode ter causado. Por exemplo, há coisas que você não lembra porque usava drogas? você brigou com amigos ou familiares por causa de drogas? O uso de drogas impediu você de economizar dinheiro, obter melhores notas ou conseguir um emprego melhor? Certamente você terá histórias ruins para contar. Conte sem nenhum tom de comédia, foque no tom pejorativo e deprimido mesmo.  
  • Explique por que você não usaria drogas agora. Diga a eles que agora sabemos mais sobre os maus efeitos das drogas, especialmente como elas podem prejudicar o cérebro.
  • Diga que deseja que seus filhos evitem cometer os mesmos erros que você cometeu.
  • Esteja aberto a respostas que seus filhos possam ter ao seu uso anterior de drogas.

Os pais que costumavam usar drogas geralmente não conversam com os filhos sobre drogas. Eles temem que as crianças copiem o que fizeram. Mas a pesquisa mostra que:
  • Quando os pais dizem aos filhos que não querem que eles usem drogas, é menos provável que as crianças usem drogas.
  • As crianças querem o conselho dos pais sobre drogas.

Você pode encontrar mais sobre política de prevenção às drogas nos sites do governo federal.
Este é um Post adaptado do Instituto Nacional de Abuso de Drogas (NIDA). Você pode acessar o conteúdo original clicando aqui

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram